sábado, 9 de abril de 2016

Lagos e Vulcões 2016 - Pucon a Panguipulli

(04/02) Meu primeiro dia de viagem solo começou com uma boa arrumação de equipamentos e roupas, já que os 3 dias no mesmo lugar fazem a gente ficar mais relaxado com os alforges :-). Terminada a arrumação chamei o Tui e a Mariah para tomar café, conversamos mais um pouco e nos despedimos. Sai um pouco mais tarde do que planejei e ainda precisei passar no centro da cidade pois havia esquecido de comprar protetor solar.

(despedida)

Embora eu já tivesse traçado meu caminho com a ajuda do mapear e do google maps, consultei bastante e deixo aqui meu agradecimento ao pessoal do blog queropedalar. Eles haviam feito um percurso bastante parecido com o nosso, mas no sentido contrário e iniciando em Bariloche. As dicas de campings/cidades foram boas e segui várias delas nesse trecho final, a começar pelo destino de hoje que seria o camping em Panguipulli.

Peguei a estrada por volta das 11h e o transito ainda não estava intenso, mas aumentando. O primeiro trecho contornando o lago, saindo de Pucon exigiu algum cuidado mas sem maiores "finas". Eu tinha um track que pegava um rípio então consegui abreviar um pouco esse trecho de asfalto. Na hora de sair da rodovia, tive que atravessa-la e fiquei um bom tempo no acostamento até conseguir cruzar a rua.

 (foi aqui que fiquei esperando para atravessar!)


Que tranquilidade no rípio :), e ainda tive sorte de pegar alguns trechos de estradinhas rurais que estavam sendo asfaltadas e com pouquíssimo transito. O vulcão Villarrica foi companheiro de boa parte do percurso, aparecendo aqui e ali atrás de florestas e alguns pastos. Retornei a rodovia em direção a Conaripe, mas alguns kms antes peguei o caminho para Panguipulli onde alternei trechos de asfalto e rípio, e no final das contas foi tranquilo. 


 (chegada em Panguipulli)

Chegando em Panguipulli procurei um restaurante com salmão e wifi para almoçar e mandar noticias (sim, nessa ordem :-) ). Mais caro que em Pucon...  Procurei o camping que havia visto no queropedalar e de fato era bem legal. Boa estrutura e vista fantástica para o lago e para o vulcão. Armei a barraca com vista pro Villarrica e fiquei um bom tempo olhando pra ele :). Tinha wifi, mas funcionava de vez em quando! Cozinhei o miojo ao pesto que havia comprado, jantei e deitei. Eu adoro pesto, mas miojo é miojo... não tem como ser realmente bom! Fez frio durante a noite, mas o saco de dormir aguentou fácil.

 (camping)
 
(anoitecer no camping)
(tipo assim...)

Resumo do dia: 75km, altimetria bem tranquila. Track aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário